23 de ago de 2016

Áustria – casos de abuso sexual devem dobrar comparado aos do ano passado

Policiais austríacos armados



The Local AT, 22 de agosto de 2016. 



A quantidade de acusações criminais por ataques sexuais na Áustria deverá duplicar em comparação com os dados dos anos anteriores. 

Até agora, 886 acusações criminais até o final de julho foram contabilizadas pelo Ministério Público, enquanto no ano passado se viu 1.097 casos ao longo de todo o ano. 

Também a quantidade de processos em que as pessoas foram entregues deve atingir níveis recordes. No ano passado, houve um número de 246 processos na Áustria, enquanto este ano já até o final de maio 242 incidentes foram contados. 

Jornais austríacos relataram que os aumentos dos crimes sexuais geralmente podem ser atribuídos a um aumento da consciência pública após os ataques sexuais de Ano Novo em Colônia, Alemanha. [Ênfase minha]. 

A Áustria também tem visto uma série de ataques sexuais de alto perfil, com muitos deles atribuídos aos imigrantes, entre os quais estavam uma menina que foi estuprada por nove imigrantes iraquianos. 

O presidente do tribunal do distrito de Favoriten em Viena, Robert Schrott afirmou que um aumento de acusações criminais levou inevitavelmente a mais trabalho para os tribunais. 

Ele disse: “Tem sido muito relatado sobre ataques sexuais, um aumento em acusações criminais caminha lado a lado com isso.”

Não está claro se a uma nova lei de assédio sexual que entrou em vigor no primeiro dia de janeiro e ampliou a esfera sexual e proteção extra ainda oferecido às mulheres pode ser atribuída o aumento também. 

Até agora 67 queixas-crime ao abrigo da nova lei levaram a 14 processos até o meio deste ano. 

O Ministério da Justiça austríaco disse que só irá avaliar a nova lei no final de 2018. 


Leiam também:



Nenhum comentário:

Postar um comentário