31 de mai de 2016

Oficial polonês: "Um batalhão é o suficiente para dissuadir a Rússia"

O ministro da Defesa polonês Antoni Macierewicz




DefenseNews, 31 de maio de 2016. 







VARSÓVIA, Polônia – À medida em que se prepara para sediar uma grande reunião da OTAN em julho, a Polônia está mantendo o seu pedido relativamente baixo – no valor de cerca de um batalhão de tropas dentro de suas fronteiras, do qual o ministro diz ser o suficiente para deter a agressão russa. 

Antoni Macierewicz disse que a Polônia está à procura de um “batalhão-adicional” as tropas da OTAN dentro de suas fronteiras. 

Finlandeses temeram invasão... mas era só um exercício militar

Prólogo. 

Os residentes de Kamsholmen têm motivos para se preocuparem, pois já faz algum tempo que o país vem recebendo pressão da Rússia, caso o líder decida aderir à OTAN. Os finlandeses têm todos os motivos do mundo para temer. Mesmo se tratando de exercícios militares de seu exército, certamente os aldeões levam em consideração a atual conjuntura política, e no que se refere às relações russo-finlandesas. No ano passado, a Rússia pôs em prática uma série de exercícios militares simulando a invasão da Escandinávia. A Finlândia também estava quotada. Nem mesmo a Noruega e a Dinamarca, membros honorários da OTAN escaparam de serem usados como alvos nos exercícios.

Alemanha prepara-se para reconhecer genocídio arménio perante a indignação da Turquia





EuroNews, 31 de maio de 2016.




Os deputados alemães querem reconhecer formalmente o genocídio arménio, o que está a indignar a Turquia. O Bundestag vai votar, quinta-feira, uma resolução proposta pelos grupos parlamentares da maioria e Verdes, pelo que tem todas as condições para ser aprovada.

O presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, telefonou mesmo à chanceler alemã, Angela Merkel.




“Se a Alemanha cair nesta armadilha, claro que isto vai afetar as nossas futuras relações bilaterais nas áreas diplomática, económica, comercial, política e militar, uma vez que somos dois membros da NATO. Acho que tudo isto vai ser tido em conta”, afirmou Erdogan.

Os deputados alemães têm sido ameaçados de morte por quererem reconhecer como genocídio a morte de, pelo menos, centenas de milhares de arménios, deportados pelos turcos otomanos, em 1915 e 1916. A Arménia diz que o genocídio matou 1,5 milhão de pessoas.


Dodik procura apoio sérvio para ‘Salvar a República Sérvia’.

Prólogo

A República Sérvia, e até mesmo a federação Sérvia [República da Sérvia, separada] tem estado sob a influência do Kremlin internamente. Putin tem explorado a animosidade dos sérvios, concernente ao Ocidente, e a campanha contra o país durante os conflitos bósnio-sérvio no passado na região dos Bálcãs e do Kosovo. Putin pretende usar os países ainda não integrados ao Ocidente, como bucha de canhão, atiçando-os contra os governos locais, enquanto a insatisfação com a demora para que a União Europeia acolha suas demandas para a adesão não é atendida.

Milorad Dodik e Aleksandar Vucic na reunião de terça-feira, em Belgrad

BalkanInsight, 31 de maio de 2016.
Por Sasa Dragojlo
O presidente da República Sérvia, Milorad Dodik pediu ao primeiro-ministro sérvio, Aleksandar Vucic apoio, afirmando que a existência das entidades Bósnia e sérvia estão em perigo.

Dodik, o presidente da República Sérvia, na Bósnia e Herzegovina, foi na terça-feira a Belgrado e ele pediu o apoio de Vucic porque a existência da denominada entidade sérvia está sob ameaça.

Suíça - Luz verde para gays adotarem enteados

Prólogo

“Se você não gosta do fato de que adultos estão vivendo juntos sem uma certidão de casamento, não puna as crianças por isso”, disse a Ministra. Mas ela só não diz que o sofrimento de crescer sem um pai e uma mãe de verdade é ainda pior. Pais de proveta se separando não constitui sofrimento para criança, não ter pais de verdade, desempenhado o seu papel biológico na relação é o que constitui.

Simonetta Sommaruga


SWI, 31 de maio de 2016. 
 
Os homossexuais devem ser autorizados a adotar os filhos de um parceiro, concordou a maioria dos parlamentares suíços. Os casais amigados que coabitam devem ter o direito de adotar um enteado. 
Estas alterações na lei de adoção suíça foram aprovadas na Câmara dos Representantes na segunda-feira. A legislação já havia sido aprovada pelo Senado. 

União Europeia força as gigantes das mídias sociais a remover o "discurso de ódio"




Speisa, 31 de maio de 2016.



As grandes empresas das mídias sociais agora são obrigadas pela União Europeia a remover o “discursos de ódio” online. 

Facebook, Twitter, Youtube (Google) e Microsoft assinaram um acordo com a União Europeia para remover o discurso de ódio em mídias sociais, relata Hegnar

De acordo com as novas orientações, as empresas devem tentar considerar pedidos para remover o discurso de ódio dentro de um dia. 

Vários governos europeus nos últimos meses tentaram fazer com que as mídias sociais reprimam o “racismo”, na sequência da crise de refugiados, e até mesmo a Alemanha tem obrigado o Facebook a criar uma força tarefa alemã de moderadores de esquerda para remover posts e comentários dos usuários – do qual eles considerem inapropriados e que obviamente põem em risco a agenda de  Ângela Merkel e da União Europeia. 

A remoção do discurso de ódio também é importante, porque os grupos terroristas estão usando as mídias sociais para radicalizar os jovens, afirma o Comissária de Justiça da União Europeia, Vera Jourová. 

No entanto, se muitas mensagens conservadoras são críticas da invasão da Europa, e passarem a ser removidas a partir destes sites, novos sites de mídia sociais inevitavelmente vão surgir, e em seguida, o Facebook e o Twitter vão ficar somente com pessoas que compartilham fotos de gatos e vídeos do American Idol. 

A liberdade de expressão não será interrompida a menos que seja permitida. 


Pelo menos 56 mortos em ofensiva militar contra islamitas nas Filipinas




DN, 31 de maio de 2016.



Ataque contra os rebeldes começou na passada quinta-feira

Pelo menos 56 pessoas morreram depois de vários dias de uma ofensiva levada a cabo pelo exército das Filipinas no sul do país contra a organização islamita 'grupo Maute', informou hoje a imprensa local.

Segundo Filemon Tan, porta-voz do Comando das Forças Armadas de Mindanao Ocidental, onde foram registados os confrontos, o ataque contra os rebeldes começou na quinta-feira e causou a morte de dois soldados e 54 rebeldes, refere o diário Inquirer.

Crianças sírias apedrejam até à morte casal acusado de adultério



DN, 31 de maio de 2016. 



Crianças terão sido encorajadas por combatentes do Estado Islâmico

Crianças sírias encorajadas por combatentes do grupo extremista Estado Islâmico (EI) mataram hoje à pedrada um homem e uma mulher acusados de cometerem adultério, na província de Deir al Zur (nordeste), indicou uma organização não-governamental (ONG).

As vítimas foram apedrejadas até à morte na praça Al Yaradeq, na cidade de Deir al Zue, capital da província homónima.

Alemanh: 18 mulheres agredidas sexualmente em festival de música






DN31 de maio de 2016. 





Caso é semelhante ao que aconteceu na passagem de ano em Colónia. Suspeitos são refugiados do Paquistão

A polícia alemã deteve no sábado três requerentes de asilo do Paquistão por suspeita de agressão sexual a três mulheres num festival de música na cidade de Darmstadt, perto de Frankfurt. O caso faz lembrar aquele que aconteceu em Colónia, na noite de fim de ano.






Três mulheres queixaram-se à polícia imediatamente após o incidente, que se registou na noite de sábado, durante o festival Schlossgrabenfest. Na sequência da denúncia, as autoridades detiveram três suspeitos, com idades entre os 28 e os 31 anos, refugiados do Paquistão.

Na sequência da mediatização do caso, mais 15 mulheres apresentaram queixa por situações semelhantes: foram rodeadas por um grupo de homens com aparência do sul da Ásia e agredidas sexualmente.

O festival de música decorreu durante quatro dias, com cerca de 100 mil pessoas por dia.

Há duas semanas, duas jovens, com 17 e 18 anos, foram agredidas sexualmente por um grupo de 10 homens num outro festival em Berlim. Três adolescentes, com idades entre os 14 e os 17 anos, dois deles com ascendência turca, foram detidos.

Todos estes casos seguem-se à agressão sexual em massa que aconteceu na noite de passagem de ano em Colónia, quando mais de mil pessoas terão sido vítimas de ataques, com mais de 800 a terem apresentado queixa na polícia.




30 de mai de 2016

Donald Trump ainda não descobriu uma política para lidar com a crise na Ucrânia

O candidato presidencial republicano Donald Trump fala com apoiantes e motociclistas em um comício Rolling Thunder no National Mall em Washington, 29 de maio, 2016



UT, 30 de maio de 2016.



O conselheiro do candidato republicano à presidência dos Estados Unidos diz que as relações Estados Unidos e Rússia estão no limbo por causa dos “incidentes dentro da Ucrânia”. O candidato presidencial do Partido Republicano Donald Trump não tem uma política para lidar com a questão da agressão russa a Ucrânia. O conselheiro de Trump, Walid Phares, falou sobre política externa durante uma entrevista à Deutsche Welle

O presidente da Turquia Erdogan acusa a Rússia de munir militantes do PKK

Prólogo.

Tanto a Turquia quanto a Rússia apoiam grupos terroristas: a Rússia, por meio do Irã, dando armas e equipamentos ao Hezbollah. Embora seja uma especulação na questão de apoio militar, a Rússia realmente apoia os curdos, que acima de tudo constituem milícias marxistas. A Turquia apoia os turcomanos, que também não deixam de ser terroristas. Há também casos intrigantes, como, por exemplo, o navio boliviano que no ano passado aportou na Turquia e zarpou em direção a Líbia, carregado com armas, e posteriormente, foi apreendido por autoridades gregas, antes de chegar ao seu destino. Entre outras acusações e suspeitas que valem o benefício da dúvida. No fim, ambos dizem a verdade, mas não assumem que apoiam o terrorismo.

O presidente turco, Tayyip Erdogan, acompanhado de sua esposa Emine Erdogan, cumprimenta partidários durante uma reunião para marcar o 563o aniversário da conquista da cidade pelos turcos otomanos, em Istambul, Turquia, 29 de maio de 2016.



Reuters, 30 de maio de 2016.


Por Orhan Coskun e Ece Toksabay

O presidente turco, Tayyip Erdogan, acusou a Rússia de fornecer armas antiaéreas e foguetes para militantes do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK), disseram funcionários do governo nessa segunda-feira, confirmando relatos da mídia local. 
Falando a repórteres a bordo do seu avião após uma visita à província do sudeste de Diyarbakir no fim de semana, Erdogan acusou Moscou de transferir armamento ao PKK via Iraque e Síria, informou o jornal pró-governo The Star. 

Finlândia - aumento de denuncias de assédio sexual contra estrangeiros




Yle, 30 de maio de 2016.



Finlândia - queixas de assédio sexual feitos à polícia continuaram a aumentar desde que o ato tornou-se crime há dois anos. Os números recentes mostram uma proporção crescente dos supostos autores que são de origem estrangeira. Mas a polícia diz que o aumento global dos relatórios também pode ser devido a mais pessoas que se tornam conscientes de que o assédio agora é crime. 

Toques em lugares indesejados, beijos forçados se tornaram atos criminosos de rotina na Finlândia, em 2014. Dois anos depois, o número de ocorrências levadas à polícia por assédio sexual continua a crescer. 

Suécia: "Está mais difícil se posicionar publicamente contra o Estado Islâmico"

Speisa, 30 de maio de 2016.








“Em Eskilstuna é muito difícil para os muçulmanos dizerem se são contra o Estado Islâmico”, diz um político de Eskilstuna ao DN. 

O sentimento de que nós temos o dever de rejeitar o Estado Islâmico é algo bem distante”, diz Abshir Osman, a SVT Notícias Sormland

Numa reportagem publicada no DN.SE nesse fim de semana, o jornalista Niklas Orrenius descreve como os partidários do Estado Islâmico em Eskilstuna e Orebro ameaçam outros muçulmanos, e como os pais desesperados veem os seus filhos viajando para a Síria para lutar pelo Estado Islâmico. 

Uma das pessoas citadas na história pelo DN é um político, Abshir Osman, cujas atribuições são como sendo um moderado, tanto em Ekilstuna quanto na região de Sormland. Para ele, as ameaças vieram depois que ele levantou preocupações sobre o extremismo em uma entrevista de rádio há um ano. Desde então, ele tem recebido ameaças em várias ocasiões. 

Eles têm jogado coisas, dizem coisas estúpidas para mim. Eu já não sabia se iria sofrer agressão, porque eu aprecio a democracia e a liberdade de expressão. Este é o caminho que resolvi trilhar. 

Você conhece mais muçulmanos em Eskilstuna que foram ameaçados por partidários do Estado Islâmico? 

Nós somos muitos. Normalmente, trata-se de pessoas que se manifestaram nos meios de comunicação e em fóruns de encontros. Eu ouvi recentemente sobre um caso. 

Na entrevista do DN, Abshir Osman diz que ele ainda evita ir a certos bairros. Por temores de que alguém realmente queira mata-lo. A situação se acalmou um pouco, mas ele ainda evita certas partes da cidade. 


Você está com medo? 

Às vezes. Eu me sinto restrito quando eu não posso sair e visitar quem eu quiser. Eu tenho minhas opiniões e meus direitos de falar livremente e ninguém pode toma-los de mim, por isso levo a sério quando as pessoas tentam me calar. 

Você fala como um muçulmano em Eskilstuna é mais difícil falar que você é contra. Isto para eles é tão ruim assim? 

A sensação é de que você será atacado se você disser alguma coisa contra o Estado Islâmico. Essas forças querem dividir a sociedade em muçulmanos e não-muçulmanos. Eles pensam que é pior alguém como eu falando contra o Estado Islâmico do que um não-muçulmano. Portanto, eu estou sendo ameaçado. Eles esperam que eu fique do seu lado. 





Rumo a uma Nova Civilização

Autor: Carl Teichrib, Forcing Change, Volume 8, Edição 8.


Nota: Redigi este ensaio um ano e meio atrás como um capítulo de um livro que planejei escrever. Entretanto, o projeto do livro não se confirmou e este "capítulo" terminou como um arquivo não aproveitado, armazenado no disco rígido de meu computador, porém nunca esquecido. Após fazer uma nova leitura do texto semanas atrás, notei a importância das informações e achei que valeria a pena apresentá-las.
O contexto está um pouquinho diferente. O ensaio deveria ser um instantâneo de um ano de minhas descobertas com as pesquisas realizadas no ano de 1995. Embora esse ponto de referência continue dominante no artigo, fiz uma revisão no texto — que de certa forma ainda é um rascunho —, removi as referências sobre aquele ano e acrescentei informações sobre a ideia de "Unicidade". Isto pode ter deixado o texto um pouco desconexo, pois "1995" não entra no quadro imediatamente.
Entretanto, é minha esperança que este ensaio o ajude a compreender melhor a vastidão e as possíveis consequências da mudança de cosmovisão que está ocorrendo no mundo atualmente. Ao mesmo tempo, ele lhe dará uma pequena visão de minha própria história de pesquisa e descobertas.
"Mude tantos elementos sociais, tecnológicos e culturais de uma só vez e você criará, não apenas uma transformação, não apenas uma nova sociedade, mas, no mínimo, o início de uma civilização totalmente nova." — Alvin e Heidi Toffler, Creating a New Civilization [1].

Síria: chefe-negociador da oposição demite-se








EuroNews, 30 de maio de 2016.








Mais um obstáculo ao difícil diálogo pela paz na Síria: o chefe-negociador da oposição anunciou este domingo a demissão. Mohammed Allouche invocou o fracasso das três rondas de negociações que tiveram lugar em Genebra, sob a égide da ONU, que atribuiu à “teimosia do regime” de Bashar al-Assad, bem como a continuação dos bombardeamentos contra as zonas rebeldes. O representante da oposição síria criticou também a “incapacidade da comunidade internacional para fazer aplicar as resoluções”.





Líbia: O caos político, militar e económico




Euronews, 30 de maio de 2016.



A Líbia tornou-se no principal ponto de partida em direção à Europa depois do encerramento da rota dos Balcãs e do Mar Egeu. A travessia é mais perigosa mas, mesmo assim, não faltam candidatos. Vêm de toda a África e do Médio Oriente uma vez que chegar e passar pela Líbia é a tarefa mais fácil.

Não há fronteiras ou qualquer tipo de controlo. Aliás, o país está dividido entre Este e Oeste, entre o governo de União Nacional, em Tripoli, liderado por Fayez al-Saaraj e a força que está instalada em Tobruk encabeçada pelo general Khalifa Haftar. Entre os dois está Sirte, cidade controlada pelo autoproclamado Estado Islâmico.

29 de mai de 2016

Revelado: os pequenos portos por onde os imigrantes ilegais e terroristas estão contrabandeando para o Reino Unido





ExpressUK, 29 de maio de 2016.






Pequenos portos britânicos, com “nenhum controle de fronteiras” estão sendo alvos de traficantes de pessoas e terroristas para tentar entrar no Reino Unido, alertou a Agência Nacional de Crime (NCA). 

Centenas de portos marinhos por todo o Reino Unido estão colocando o país em risco, pois não têm os controles de segurança rigorosos nas suas principais fronteiras. 

Contrabandistas de seres humanos tentam evitar serem pegos no túnel da Mancha ou nos menores e principais pontos de entrada como alternativas perfeitas para entrar no país. 

Gâmbia: Presidente Yahya Jammeh manda Ban Ki Moon e Amnistia “para o inferno”

Prólogo.

Pois é, será que isto é um reflexo de toda a “Islamofobia” que o líder tem sofrido ao longo dos últimos anos do Ocidente? Ou ele apenas está demonstrando sua superioridade islâmica diante dos infiéis que querem decidir como ele deve gerir o país? Então senhor Moon, vai dizer que isso é culpa do racismo ocidental, ou vai cair na real, de que esses islamistas não têm qualquer disposição para dialogar com diplomatas imbecis, que ficam afagando o Islã, enquanto líderes adeptos dessa religião trucidam os seus adversários políticos, e os seus cidadãos que porventura professam uma fé alheia ao Islã? 

Enquanto Ban-Kin-Moon e os seus correligionários idiotas ficam lambendo os líderes islâmicos, e colocando os adeptos do islamismo como vítimas, às custas dos cristãos e minorias religiosas vítimas do sistema da Xaria, os clérigos pregam abertamente o desprezo que sentem pelos órgãos internacionais e com os direitos humanos sem suas mesquitas, e até mesmo em seus comícios políticos. Eis a sua “Islamofobia” seu idiota. 










EuroNews, 29 de maio de 2016.






O Presidente da Gâmbia, Yahya Jammeh, mandou este sábado “para o inferno” o secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, e a Amnistia Internacional durante uma entrevista publicada na revista francesa Jeune Afrique. Foi a resposta do Presidente da Gâmbia a Ban Ki Moon e à Amnistia depois de estes insistirem na abertura de um inquérito relacionado com a morte de um opositor quando se encontrava detido.

“Ban Ki-moon e a Amnistia Internacional podem ir para o inferno! Quem são eles para exigir isso?”, disse Jammeh, ao ser questionado sobre o destino de Solo Sandeng, opositor político, morto na prisão em abril.

A informação fora avançada pelo seu partido, o Partido Democrático Unido ou UDP, pela sigla em inglês.

“Qual é o problema?” continuou Jammeh. “Pessoas que morrem em detenção ou durante um interrogatório, isso é muito comum. Uma pessoa morre e eles querem um inquérito? Ninguém me diz o que faço no meu país”, concluiu.

O Presidente Jammeh é conhecido pelas suas declarações violentas. Afirmando-se orgulhoso de considerado como um ditador pelo Ocidente e confessando-se “habituado a que os chefes de Estado africanos lhe digam a tudo que sim”, define-se como um “ditador do desenvolvimento”.

“Desde que eu tomei o poder, este país era um dos mais pobres do mundo, e já não é. Há uma oposição, um parlamento, um sistema de saúde de confiança”, defendeu na estrevista.

A Gâmbia continua a ser considerada como um dos países mais pobres do planeta, mas “para que serve uma taxa de crescimento de dois dígitos quando metade das escolas estão vazias porque as crianças são obrigadas a trabalhar?”, questionou.

“Eu tenho um problema com as instituições de Bretton Woods. O meu crescimento, a minha prosperidade, eu é que os defino”, acrescentou o Presidente gambiano.





Mão de ferro no poder desde 1994.

Yahya Jammeh chegou ao poder através de um golpe de Estado sem derramamento de sangue em 1994, tendo sido eleito em 1996. Desde então, é reeleito a cada cinco anos e será novamente candidato às eleições presidenciais previstas para dezembro deste ano.

“Serei Presidente enquanto Alá e o meu povo quiserem”, garantiu, rejeitando a limitação de mandatos, apesar de a oposição reclamar reformas eleitorais e se manifestar frequentemente na capital, Banjul.





Chechenos planejam atacar britânicos no campeonato Euro 2016, se passando por torcedores russos



ExpressUK, 29 de maio de 2016. 





Jihadistas chechenos se passando por torcedores de futebol russos estão conspirando para atacar torcedores ingleses e de Gales no campeonato Euro 2016, temem os chefes de segurança. 

Relatórios de inteligência revelam que eles pretendem se misturar com as multidões para lançar ataques armados surpresa nos bares e restaurantes movimentados nos centros das cidades na França. 

Seu alvo principal é entendido como sendo russos – mas eles também querem matar os torcedores e moradores britânicos que são vistos como “inimigos do Estado Islâmico”. Ao mesmo tempo, a Inteligência alemã também identificou uma ameaça terrorista do Estado Islâmico. 

O Ocidente Precisa Dizer "Je Suis Asia Bibi"

Gatestone, 29 de maio de 2016.







  • "Eu não me converterei. Acredito na minha religião e em Jesus Cristo. Além disso, por que eu deveria me converter e não vocês"? — Asia Bibi.
  • A indolência e cobiça condenaram Asia Bibi à morte. Ninguém na Europa foi às ruas para pedir a libertação dessa corajosa mulher ou protestar contra as leis anticristãs do Paquistão.
  • Até o Papa Francisco ficou em silêncio. O símbolo de sua omissão está nos 12 segundos em que o Papa ficou frente a frente com o marido e a filha de Bibi na Praça São Pedro. O Papa mal tocou nos dois. Seu antecessor, o Papa Bento XVI, pediu publicamente, várias vezes, a soltura dela.
  • As tradicionais igrejas protestantes dos Estados Unidos, ocupadas demais com a demonização de Israel, também não se manifestaram. Enquanto isso o cristianismo está sendo erradicado em seu próprio berço.


A condenação à morte de Asia Bibi é como a nuvem de material radioativo de Chernobyl: ela contamina tudo a sua volta. Após a prisão de Asia, seu marido Masih juntamente com seus filhos passaram a viver na clandestinidade. Eles mudaram de residência 15 vezes em cinco anos. Eles sequer podiam estar presentes na audiência judicial de Asia. Era por demais perigoso. Seu marido foi obrigado a se demitir do emprego.

Marxismo Cultural - bispo defende ensino do Islão nas escolas públicas alemãs




DN, 29 de maio de 2016.



Chefe da igreja protestante sublinha a importância de jovens muçulmanos crescerem com uma visão crítica sobre a fé

A crise de refugiados, o crescimento da "extrema-direita" - que defende o fim dos minaretes e dos véus - e os ataques terroristas em solo europeu têm contribuído para dificultar a relação entre a Alemanha e o Islão.

É neste contexto que o bispo Heinrich Bedford-Strohm [uma espécie de Leonardo Boff alemão], chefe da igreja protestante germânica, veio defender o ensino da religião islâmica em todas as escolas públicas alemãs.

O Partido Liberal do Canadá está considerando adotar uma política mais “agressiva” para eliminar a “Islamofobia”

“Em um esforço para eliminar o racismo experimentado pelos muçulmanos, o Partido Liberal do Canadá está considerando adotar uma política mais agressiva para eliminar a islamofobia”. O quê? Muçulmanos constituem uma raça agora? Qual a raça em comum da qual pertencem Ibrahim Hooper e Abubakar Shekau? Qual raça - a do Jihad assassino em massa? A última questão resume bem o que tem de errado com a insidiosa iniciativa. Aqueles que espalham o mito da “islamofobia” consistentemente confundem ataques contra muçulmanos inocentes, o que nunca é justificável - com a análise de contraterrorismo, que expõe como os jihadistas usam os textos e ensinamentos do Islã para justificar a violência e a supremacia. Se tiverem sucesso em criminalizar a “islamofobia”, não só os vigilantes idiotas [ao estilo soldados de Odin] vão para a cadeia, mas também aqueles que falam abertamente expondo os seus seguidores [do Islã] que incitam o ódio e à violência. E esse é o objetivo. 






Omar Raza, diretor do Windsor West Federal Liberal Association, quer que o partido Liberal federal elimine todas as formas de islamofobia.



Os liberais federais consideram reprimir a "islamofobia" no Canadá. 




CBC News, 27 de maio de 2016. 



Em um esforço para eliminar o racismo experimentado pelos muçulmanos, o Partido Liberal do Canadá está considerando adotar uma política mais agressiva para eliminar a Islamofobia. 

Omar Raza, diretor do Windsor West Federal Liberal Association, tomou a dianteira durante a convenção Liberal em Winnipeg. Ele quer que o partido passe a atacar como uma força tarefa, para lidar com a questão.  

28 de mai de 2016

Texas: muçulmano ataca e cospe em policiais, e diz que ele está afiliado do Estado Islâmico

Nada que um bom emprego e um lugar no time de basquete não resolva – pelo menos nas mentes confusas dos federais. 













Suspeito declara que faz parte do grupo terrorista durante um ataque à Polícia. 





CBS DFW, 25 de maio de 2016 (graças a Steve). 




Os investigadores disseram à CBS News sobre algo que o suspeito disse durante o incidente, o que os levou a reportar também ao FBI. 

Wahib Sadek agora enfrenta acusações graves de ataque com uma arma letal, e por agredir um funcionário público. 

Foi por volta das 15:00 na terça-feira quando a polícia disse que um oficial da Escola de Recursos de Arlington estava dirigindo até a estação quando duas pessoas sinalizavam para ele descer. Os moradores disseram ao oficial sobre uma possível agressão grave feita por um homem que acreditava-se estar armado. 

O policial encontrou o veículo de Sadek, e fez uma batida [revista] de trânsito perto da Green Oaks e Waterview Drive. Foi então que o policial disse a Sadek para sair do carro e ele começou a caminhar na direção do oficial, mas agindo de forma agressiva. 

Desde que o oficial não viu Sadek brandindo qualquer tipo de arma ele guardou sua arma e tirou apenas um taser. Mesmo que Sadek tenha sido ordenado a ficar no chão, em alguns momentos as filmagens no vídeo celular dum homem de 22 anos mostravam que ele não parava de caminhar em direção ao policial. O oficial usou o taser em Sadek depois que os dois entraram em confronto físico. Mas, com a ajuda de dois civis, o suspeito acabou por ser levado em custódia. 

A polícia diz que eles encontraram várias armas de fogo dentro do carro de Sadek. Os investigadores também souberam mais tarde que Sadek tinha ameaçado uma mulher com uma faca antes do incidente em Arlington. 

A polícia diz que as acusações de Sadek incluem agressão dum funcionário público, porque ele cuspiu em um dos policiais de Arlington que cobria o incidente. 

Agentes do FBI foram contatados porque a polícia diz que durante a prisão Sadek alegou estar afiliado ao grupo terrorista Estado Islâmico. Autoridades federais agora estão observando essas reivindicações, mas dizem até o momento que elas não têm validade. 





Xaria - iranianos são condenados a 99 chicotadas por beber em festa de formatura

 Desde a Revolução Islâmica de 1979, o o uso do véu é obrigatório para todas as mulheres e o consumo e álcool é proibido no Irã.



RFI, 28 de maio de 2016.


Siavosh Ghazi, correspondente da RFI em Teerã


Cerca de 30 jovens que celebravam uma formatura no norte do Irã foram condenados pela justiça a 99 chicotadas. Eles foram acusados pelas autoridades de terem consumido álcool, algo proibido no país.

Um tribunal organizou uma audiência extraordinária e o veredicto foi aplicado imediatamente. De acordo com o procurador geral de Qazvin, os jovens, que não se conheciam, foram detidos na quinta-feira (26) quando dançavam, festejando uma formatura. Ainda de acordo com a justiça local, os moças e rapazes estariam seminus, consumindo álcool.

Síria: Atentado bombista visa cidade rebelde de Idlib







EuroNews, 28 de maio de 2016.





Os atentados bombistas continuam a abalar o frágil cessar-fogo na Síria.

Pelo menos cinco pessoas morreram e mais de vinte ficaram feridas depois de uma viatura armadilhada explodir junto a uma mesquita na cidade de Idlib.

A ação visou o templo de Shouaib, à hora em que dezenas de fiéis terminavam as orações de sexta-feira.





O atentado, que não foi ainda reivindicado, atingiu a localidade controlada por vários grupos rebeldes, opostos a Bashar Al-Assad.

Algumas fontes falam de mais de trinta mortos após a deflagração.

O ataque ocorre cinco dias depois do grupo Estado Islâmico reivindicar o atentado que provocou 148 mortos no bastião de Bashar Al-Assad, no noroeste do país.




Putin preparando um próximo passo na Criméia? Rússia usando tropas para exercícios em massa na fronteira da Europa

O Kremlin realizou, pelo menos, 12 exercícios militares a curto prazo ao longo dos últimos 2 anos


ExpressUK, 28 de maio de 2016.






A Rússia está reunindo secretamente tropas na fronteira da Europa para realizar exercícios e treinamentos, afirmam os funcionários da OTAN. 

O Kremlin está realizando vigorosos exercícios militares usando uma brecha legal para não convidar observadores internacionais, acreditam os especialistas. 

A Rússia tem realizado pelo menos uma dúzia dos chamados exercícios militares a curto prazo, e sem nenhum aviso, ao longo dos últimos anos. 

"Exclua! Apague, apague!" Muçulmanos ditando as regras à imprensa - e bem debaixo do nariz da classe política ali presente




Speisa, 28 de maio de 2016.



Sob o lema “Segurança em Foco”, quatro líderes dos partidos suecos visitaram o subúrbio de Estocolmo em Husby, com o intuito de falar sobre como dar maiores poderes de repressão aos policiais para enfrentar ataques a pedras, incêndios de carros e outros crimes relacionados com a imigração nos subúrbios metropolitanos. Mas apesar duma presença massiva da polícia e dos guarda-costas, os criminosos ainda foram capazes de impor sua agenda. 

E mesmo que o quarteto de líderes dos partidos visitantes estivessem em Husby, ao meio dia, e com toda uma comitiva de policiais, seguranças, jornalistas e outros políticos, logo ficou claro quem controla o bairro. 

Encontrada primeira superbactéria resistente aos antibióticos







DN, 27 de maio de 2016. 






Descoberta mostra o "surgimento de uma bactéria verdadeiramente resistente a todos os medicamentos". Para os cientistas, é uma descoberta aterradora

Os Estados Unidos detetaram o primeiro caso de "superbactéria" resistente aos antibióticos de "último recurso", uma temida estirpe da "Escherichia coli" detetada pela primeira vez na China em novembro, que pode significar o fim da eficácia daqueles medicamentos.

"Basicamente, mostra-nos que o final do caminho para os antibióticos não está muito longe, que teremos uma situação em que teremos pessoas em unidades de emergência ou com infeções urinárias para as quais não teremos medicamentos", disse o diretor do Centro de Prevenção e Controlo de Doenças, Tom Frieden, em entrevista publicada hoje no Washington Post.

Os investigadores detetaram a bactéria, em abril, na urina de uma mulher de 49 anos na Pensilvânia e que não se ausentou do país durante os últimos cinco meses, explicaram as autoridades de saúde norte-americanas em várias entrevistas.






A estirpe daquela bactéria tem um gene móvel com resistência à colistina, o antibiótico que as autoridades de saúde utilizam como último recurso nos casos das bactérias mais difíceis de combater.

Aquela descoberta mostra o "surgimento de uma bactéria verdadeiramente resistente a todos os medicamentos", escrevem investigadores num estudo publicado na revista especializada "Antimicrobial Agents and Chemotherapy".

A "gen mcr-1" foi detetada pela primeira vez em novembro na China, num estudo realizado por cientistas britânicos e chineses.

"Como as bactérias podem propagar genes entre elas, cria-se uma situação em que se pode vir a ter bactérias resistentes a todos os antibióticos conhecidos. E isso é uma perspetiva aterradora", explicou a investigadora Beth Bell.



27 de mai de 2016

Brexit e China preocupam G7






EuroNews, 27 de maio de 2016.





A eventual saída do Reino Unido da União Europeia [Brexit] preocupa seriamente os dirigentes dos países do G7. Em primeiro lugar, o próprio chefe do governo de Londres que faz campanha pela permanência do país no bloco continental.




David Cameron aproveitou a tribuna no Japão para enviar uma mensagem com vista ao referendo do dia 23 de junho:

“Não estamos perante uma espécie de académicos prospetivos sentados numa sala a a morder a ponta do lápis e que no final largam um número. Se saírem do Mercado Único o acesso ao Mercado Único será mais difícil. E se o acesso for mais difícil isso vai afetar a economia.”




Em Ise-Shima os responsáveis políticos das sete nações mais desenvolvidas do planeta manifestaram preocupação com o abrandamento económico da China, o país com o segundo maior PIB do mundo. As disputas territoriais no Extremo Oriente também estiveram em cima da mesa o que motivou uma reação de desagrado por parte de Pequim.




Fonte:http://pt.euronews.com/2016/05/27/brexit-e-china-preocupam-g7/

Soldado francês está lutando pela vida após ser ‘apunhalado por dois homens por causa dos ataques aéreos na Síria’







ExpressUK, 27 de maio de 2016. 












Um soldado francês está lutando pela vida num hospital depois que supostamente foi esfaqueado por dois homens que gritavam reivindicando que o ataque era motivado por vingança pela campanha de bombardeio contra o Estado Islâmico (ISIS), na Síria. 

O soldado, do 8º regimento de paraquedistas marinhos, é tido como estando “gravemente ferido” no hospital depois de ser atacado, enquanto se movimentava sozinho perto de sua base militar. 

O suposto ataque ocorreu por volta das 20:40 de ontem à noite, na cidade do Sul de Saint Julien du Puy, que fica a cerca de 70 milhas a leste de Toulouse. 

Relatos na imprensa francesa afirmam que o sargento de 30 anos de idade disse que levou um soco e vários cortes com faca, e que sofreu ferimentos graves na coxa. 

O soldado disse à polícia que os homens gritaram para ele que o ataque foi uma vingança por causa dos ataques aéreos da França contra o Estado Islâmico, na Síria. 

Civis descobriram o sargento ferido, e em seguida, chamaram os serviços de emergência, que o levou para o hospital em “graves condições”. 




Acredita-se que ele não estava em serviço no momento, mas ainda estava usando um pouco do seu uniforme militar. 

A polícia está hoje caçando os dois supostos esfaqueadores, que ainda estão foragidos. 

A França é parte da coalizão liderada pelos Estados Unidos, incluindo a Grã-Bretanha, que está realizando ataques aéreos contra o grupo terrorista Estado Islâmico – também conhecido como Deash – na Síria e no Iraque. 

O país está em estado de alerta desde que os maníacos jihadistas abateram 130 pessoas inocentes nas ruas de Paris em novembro passado em uma série de ataques armados e a bomba. 




Putin diz que a Romênia e a Polônia agora podem entrar na mira da Rússia




Reuters, 27 de maio de 2016.







Rússia – o presidente Vladimir Putin advertiu nesta sexta-feira a Romênia e a Polônia que ambos se encontram na mira dos foguetes russos porque eles estão comportando sistemas de escudos antimísseis dos Estados Unidos que Moscou considera uma ameaça à sua segurança. 

Putin emitiu seu sinal mais forte ainda sobre os escudos antimísseis, dizendo que Moscou havia afirmado repetidamente que teria que tomar medidas de retaliação, mas que Washington e seus aliados tinham ignorado as advertências. 

Paquistão: Conselho de Ideologia Islâmica recomenda “surra light” para as esposas desobedientes



CII propõe que maridos sejam autorizados a dar “surra light” em espoas que desafiam a autoridade de seus maridos. 


ExpressTribune, 26 de maio de 2016 (graças a Jihad Watch Por Robert Spencer). 



Por Obaid Abbasi



Islamabad - o Conselho de Ideologia Islâmica (CII) propôs a sua própria lei de proteção as mulheres, recomendando “uma surra light” para esposas desobedientes que desafiam os seus maridos.

O CII é composto por 20 membros, e é um órgão constitucional que dá recomendações ao Parlamento sobre as leis islâmicas. No entanto, o Parlamento não é obrigado a considerar as suas recomendações. 

O projeto de lei foi elaborado após a CII ter rejeitado a controversa lei de Proteção a violência contra as mulheres de Punjab (PPWA) de 2015, denominada como não islâmica. A CII vai agora apresentar a sua proposta de lei à Assembleia de Punjab. 

Protestos contra Obama em Hiroxima






EuroNews, 27 de maio de 2016.




O primeiro presidente americano a visitar Hiroshima desde que, há 71 anos, a cidade japonesa foi atingida pela primeira bomba atómica do mundo causou reacções díspares.

Há quem esteja do lado do Prémio Nobel da Paz pela sua premissa anti-armas nucleares, mesmo que tenha tido de sobreviver à bomba. Motoko Onoe tem 76 anos, sobreviveu à bomba atómica e afirma: “Estou muito contente por vê-lo aqui de visita. Enviou uma mensagem de paz no passado e hoje está apassar das palavras à prática. Dou-lhe as boas-vindas entusiasticamente.”




Há também quem ache que as palavras não andam de mãos dadas com a acção e que os planos de Barack Obama e do primeiro-ministro japonês Shinzo Abe passam por um futuro armado em termos nucleares.

Mie Hyata tem apenas 53 anos e é prestadora de cuidados em Hiroxima. Afirma, enquanto participa numa manifestação contra Obama e Abe: “Estou absolutamente contra a visita de Obama. Ele veio a Hiroshima apenas porque quer começar uma guerra nuclear no futuro e está a usar Hiroxima como trampolim. Portanto, estou contra ele.”

Apesar de o Japão ter 3 princípios não nucleares na Constituição, há quem não acredite na declaração do primeiro-ministro Shinzo Abe de o país não vir a possuir armamento nuclear, dadas as políticas seguidas para reforçar laços com os Estados Unidos.